Unsplashed background img 1

Bate-e-volta em Ayutthaya, a antiga Capital

Escrito por -




Um bate-e-volta em Ayuttaya, a antiga capital do reino de Sião. Era hora de respirar bastante história antiga!

Previously in S2S's Thialand Trip

No post anterior, que você pode acessar aqui, tivemos o dia mais movimentados de nossas vidas em Bangkok, a tal da Cidade dos Anjos. Teve Tuk Tuk, teve passeio no rio, muito templo e até restaurante no escuro completo!

Nesse post, relatarei um passeio a Ayutthaya, a antiga capital. Vem com a gente?

O índice com todos os posts da Tailândia pode ser conferido aqui.

Wat Mahathat, em paisagem típica de Ayutthaya. Buda, tijolos e pagodas.
Wat Mahathat, em paisagem típica de Ayutthaya. Buda, tijolos e pagodas.


Dia #2.1 - Ayutthaya, a antiga capital

Marcamos o passeio no hotel mesmo (Modena By Fraser), no dia anterior. Assim, bem cedo, uma van passou em nossa hospedagem e nos levou a Ayutthaya, a capital antiga da Tailândia, cheia de templos bem velhos e belíssimos! A van esteve com a gente durante todo o tempo, levando-nos aos lugares de nossa escolha. Liberdade total.

O caminho entre Bangkok e Ayutthaya é bem tranquilo e dura cerca de 1h30min. O detalhe foi que vimos um outlet e as meninas ficaram todas falando: "ah não tem que parar ali, ah não". E isso, meus caros, é uma informação relevante, haha!

Acreditamos ser um bate-e-volta impescindível. O estilo arquitetônico das obras mais antigas se difere e muito daqueles que se vê em Bangkok ou em Chiang Mai, portanto visitá-las é uma experiência enriquecedora que eu recomendo.
Dica: Um dia é mais do que o suficiente para conhecer Ayutthaya.

Wat Yai Chai Mang Khon

Estupa de Wat Yai Chai Mang Khon.
Diversas visões da estupa no Wat Yai Chai Mang Khon.

Primeira parada, Wat Yai Chai Mang Khon. Logo ao entrar no lugar, a primeira coisa que se vê é a estupa enorme em seu centro. Incrível!


O monastério foi construído pelo rei U-Thong e nos deixou deslumbrados, principalmente por ter sido o primeiro templo antigo que vimos. Sua magnitude, como disse, realmente chama a atenção. Sinto que, antigamente, eles faziam templos mais simples em termos de recursos utilizados na construção, mas os faziam mais altos.

Visões da Wat Yai Chai Mang Khon, em Ayutthaya.
Outras visões do Wat Yai Chai Mang Khon.

Há bastante o que ver nesse templo, então sugerimos guardar um bom tempo. Há estátuas de Buda espalhadas por todo canto e vale a pena fotografá-las. Não deixem de subir as escadarias até o topo da estupa: além de ser muito interessante, dá pra ter uma visão panorâmica das outras construções.

Wat Mahathat

Wat Mahathat, suas construções e o famoso buda na árvore
Wat Mahathat, suas construções e o famoso buda na árvore.

Depois fomos para o Wat Mahathat, o tal do templo com o buda na árvore. É um negócio bem interessante, porque o buda ficou envolvido nas raízes da árvore, o que é um espetáculo mesmo. Parece bobo, mas, para eles, provavelmente deve haver todo um misticismo em torno do fato de buda ter sido engolido pela natureza, justo ele que era tão espirutualizado. Tem até fila pra tirar foto, óbvio. Não vão achando que a foto clássica sai sem uma boa espera!

Além disso, é uma coleção linda de construções antigas. Bastante fotogênica.

Tem uma vendinha do lado de fora. Acho que foi a melhor que achamos em Ayutthaya, mas deixamos para fazer compras na outra (que não era tão boa quanto essa), então, se tiverem a oportunidade, aqui é o lugar de comprar as lembranças!
Dica: na Tailândia, dá pra levar lembranças para quase todo mundo. Tudo é bem barato ao mesmo tempo bonito, então, aproveitem! Só não recomendo muito comprar vestimentas quaisquer, pois elas se mostraram meio frágeis.

Wat Phra Sri Sanphet

A seguir, partimos para o Wat Phra Sri Sanphet. O templo principal, infelizmente, estava em reformas. Confesso que tudo começou a ficar um pouco repetitivo, seria legal se tivesse alguém nos explicando a história do lugar e tudo mais (e olha que eu tenho preguiça de ouvir guias falando), mas não foi o caso do nosso condutor. Então resolvi pegar minha roupa de Goku da mochila e tirar algumas fotos. Tá, eu confesso que adoraria que uma nuvem voadora aparecesse e eu pudesse sair voando pela cidade antiga, mas, que pena, não foi o caso!

Templos de Wat Phra Sri Sanphet, em Ayutthaya.
Oi, eu sou o Goku no Wat Phra Sri Sanphet!

Restaurante Coffee Old-City

O motorista da van nos sugeriu um restaurante, mas nos deu a opção de escolher, caso quiséssemos. Decidimos ir no Coffe Old City, que no momento era o nº 1 do TripAdvisor, pois recomendavam um prato típico da região, o Pad Thai. 

Pad Thai, prato típico da Tailândia, no restaurante Coffee Old-City, em Ayutthaya.
Esse é o Pad Thai.

Um Pad Thai é isso aí. Macarrão de arroz, brotos de feijão, uma proteína (frango ou camarão, geralmente, ou nada, pra quem for vegetariano), salada, algum molho agridoce, e amendoím.

É um prato tem que em todo lugar, mas este foi realmente o melhor que comemos. Não sei se por estarmos no início da viagem e portanto ainda não enjoados do tempero tailandês. Talvez. Notamos que é um prato que normalmente chega bem rápido. Quando contei a meu pai, ele até brincou dizendo "legal, é um prato que você pede e  aí".
Curiosidade: aparentemente existe alguma plantação gigantesca de orquídeas escondida em algum lugar da Tailândia, porque eu nunca vi igual. Tanto prato, tanta coisa sendo decorada com... orquídeas.

Wat Lokayasutharam 

Buda reclinado do Wat Lokayasutharam, em Ayutthaya.
Buda reclinado do Wat Lokayasutharam.

Depois do almoço, fomos no Wat Lokayasutharam, em Ayutthaya, ver essencialmente o buda reclinado de Ayutthaya. Se você já jogou Street Fighter, vai ver que lembra muito a Sagat's Stage. Tá, pelo visto são muitos lugares em que se pode encontrar o tal do buda reclinado, achamos já até no Brasil, em Foz do Iguaçu, verdade seja dita. Mas deixem a gente ter convicção de que foi justamente nesse lugar em que os desenvolvedores do jogo se inspiraram, até porque no Brasil não foi, tenho certeza, e nem em outro lugar que não a Ásia!

Não menos importante: também na frente desse templo tem uma feirinha com algumas coisas para comprar. As meninas compraram chapéus que não duraram quase nada, portanto tenham em mente que a qualidade dos artefatos comprados em terras tailandesas é de nível duvidoso, o que é compreensível visto o preço baixo, sabido é que esmola não se vem tão fácil, e quando vem há algum significado por trás não tão evidente. Uma delas teve de remendá-lo com um SuperBonder alternativo tailandês. Duas vezes! E daí tem perfeita noção do que falo, hahaha!

Premium Outlet

Decidimos voltar para Bangkok e passar no Outlet. As meninas já estavam falando "tô cansada de ver tijolinho", então fomos né.

Fontes na praça central do Premium Outlet de Ayutthaya.
Fonte na praça central do Premium Outlet de Ayutthaya.
O outlet era o Premium Outlet. Curioso como a gente se sentiu de repente nos Estados Unidos, pois o layout é igual aos de Orlando em que eu fui. Porém com um diferencial, spoiler alert: não tinha nada barato. Nadinha. Então não adianta, não saímos com uma sacolinha de compras sequer.

Golf no Premium Outlet de Ayutthaya.
Esse é o Hugo jogando golf.
Agora, engraçado mesmo foi que achamos um suposto campo de treino de golf lá e essa foi a nossa diversão. Queríamos brincar. Acho que, por ser um Outlet, o estabelecimento servia para os ricos da high society tailandesa experimentarem os tacos de golf que eles possuíam para venda antes de decidirem pela compra. Não servia para um bando de turistas se divertirem. Era alta temporada e o outlet mal tinha turistas. Digo isso porque, bem, nenhum dos atendentes sabia absolutamente nada de inglês, e eles não entendiam que a gente queria alugar um taco e umas bolas de golf para brincar. Depois de muita mímica e Google Translator que não parecia adiantar em nada, conseguimos nos comunicar, e eles nos ofereceram 40 bolas e um taco por algo como 170 bahts, muito barato! Foi nossa primeira experiência trágica de tentar se comunicar com nativos que só falavam tailandês. E foi muito divertido, pra ser sincero!

Até hoje fico pensando se demos uma de turistas inconvenientes ou o quê. Mas foi divertido.

Próximo post!



Khaosan Road, em Bangkok.