Logo do S2Station
Background Padrão do Topo

Calico Ghost Town: Velho Oeste na Califórnia na estrada entre Las Vegas e Los Angeles

Escrito por -

Casal em Calico Ghost Town em sua rua principal, tal como vista da entrada. Edificações ao estilo do Velho Oeste.
Conhecendo uma típica cidade do Velho Oeste, a Calico Ghost Town, na Califórnia! Será que vale a pena? Vale, sim! Confira sobre sua história, onde fica, como chegar, e nossa experiência no local.

Uma cidade Client Eastwoodiana

Ah, o velho oeste. Cowboys, chegando em seus cavalos. Duelos em meio à cidade, recheados de pura tensão. Um saloon ao lado com civis assustados. Um homem ao piano, tocando The Entertainer, um clássico! Uma donzela, seu vestido pomposo, em perigo, não muito longe dali. Um xerife, com seu chapéu de estrela, sentado em uma cadeira na porta da prisão do vilarejo. Indígenas — os verdadeiros donos do lugar —, em conflito. O criminoso, estampados nas paredes com os dizeres "WANTED". Foi assim que os filmes famosos de cowboy, frequentemente estrelados por Clint Eastwood, inseriram essa ambientação em nosso imaginário. Mas, será que dá pra visitar um lugar, de faroeste mesmo, assim na vida real?

Uma mulher na frente de uma loja de telégrafo em Calico Ghost Town.
Quer mandar um telégrafo? É aqui mesmo!

Tem, sim! E não precisa ser no Texas ou no Arizona. Tem na Califórnia! Ô estado que tem tudo, minha gente! E esse lugar é o Calico Ghost Town, e fica próximo da estrada Interstate 15, que liga Los Angeles e Las Vegas. Se estiver fazendo essa road trip, não deixe de passar lá!

Calico Ghost Town é uma cidade no Deserto de Mojave. Foi fundada após a descoberta de prata nas minas em sua região. Aos poucos ela cresceu, e, na década de 1880, sua mina Silver King era a maior fonte de prata da Califórnia. Foram surgindo hotéis, restaurantes, correios, uma escola, e a cidade tinha até xerife, advogados e médicos. Chique, não? Até eu queria morar lá, desse jeito! Chegou a ter 500 minas e uma população de 3.500 pessoas. Na virada do século, contudo, foi sancionada uma lei acerca da compra da prata que acabou reduzindo o seu preço e levando a produção da cidade ao seu declínio. Os serviços na cidade foram descontinuados e, rapidamente, Calico virou uma cidade fantasma.

Eventualmente, na década de 1950, a cidade foi comprada restaurada ao seu estilo original com base em fotos antigas. Hoje, ninguém mora lá, mas foi transformada em um parque aberto a visitação, com diversas atrações, sem perder a autenticidade do lugar! É true faroeste, gente!



Experimente ver o nosso vídeo de 5 minutos sobre Calico Ghost Town, no nosso canal do YouTube! É bem informativo e resumido. Inclusive, talvez, você possa simplesmente ver o vídeo ao invés de ler esse post, já que ele tem as informações necessárias e muitas filmagens bacanas e animadas! Assista!


Mini-Guia

Qual é o horário de funcionamento?

Todos os dias, exceto 25/12, das 9:00 às 17:00.

Quanto custa?

Os preços são os seguintes:
  • Adulto: $8
  • Crianças (4 a 11 anos): $5
  • Bebês (até 3 anos): de graça.
  • Cachorro (exceto cão-guia): $1
A propósito, você leu certo. Sim, seu cãozinho amigo de fé, irmão e camarada, se quiser apreciar as belezas autênticas do velho oeste, onde viveram seus antepassados caninos, os cãoboys, terá de pagar pela entrada. ISSO MESMO.

O que tem pra fazer lá?

Há muito o que fazer em Calico Ghost Town. Primeiro, você pode passear pela cidade em si. Além disso, se tiver tempo, há a opção de realizar as seguintes atividades pagas separadamente:
  • Passeio de trem.
  • Visitar uma autêntica mina de prata, a Maggie Mine.
  • Entrar numa casa com ilusões óticas, a Mystery Shack.
  • Participar de uma experiência de "garimpo de ouro".
Para mais informações sobre o que fazer em Calico Ghost Town, ver o site oficial.

Homem encostado em um poste típico do Velho Oeste na rua principal de Calico Ghost Town.
Uma placa estilizada de Velho Oeste em Calico Ghost Town, indicando os lugares que podem ser visitados na cidade.
A mulher está na frente do restaurante na rua principal de Calico Ghost Town.

Como chegar?

O endereço de Calico Ghost Town é 36600 Ghost Town Road Yermo, CA 92398. Caso esteja usando um GPS, os dados de geolocalização são [34.9462687,-116.8740484,15], estes são os links para o Google Maps e para o Waze.

A melhor e mais barata forma de visitar a cidade é de carro. Existem outras formas, claro, mas nenhuma delas irá valer o custo. Mesmo que você alugue o carro só pra isso, é o melhor que pode fazer.

Calico Ghost Town fica na Interstate 15, a interestadual que liga Los Angeles a Las Vegas. O que eu gosto lá nos EUA é que é tudo bem sinalizado. Cada saída da rodovia possui um número. Se estiver com GPS, só segui-lo. Mas, se não tiver, basta ficar atento nos números da Interstate 15. Se estiver vindo de Los Angeles, basta pegar a saída 191 para Ghost Town Rd. Se estiver vindo de Las Vegas, você pega a saída 194 para Calico Rd.

Alguns aspectos de uma "cidade fantasma" estão mantidos!

O que levar?

  • Protetor Solar
  • Calçados confortáveis, para subir no mirante
  • Algum chapéu ou boné, caso queira se proteger do Sol

Qual é a melhor época para ir?

Você pode ir em absolutamente qualquer época do ano. Só esteja ciente de que, nos meses de junho a agosto, há chances de pegar um calor de 40°C, enquanto, nos meses de dezembro a fevereiro, frio de 5°C.

Quanto tempo no local?

Você pode fazer uma paradinha rápida de 1h ou até menos. Porém, se for entusiasta desse clima todo de Velho Oeste, recomendamos 3h, se quiser ver tudo e fazer as atividades.

Tudo é muito típico do Faroeste em Calico Ghost Town. Uma gema na Califórnia!

Nosso Relato

A chegada

Assim que avistamos a placa para Calico, e também sob orientação do GPS, desviamos do destino Las Vegas e fomos conhecer a tal cidade fantasma!

De longe, vimos o nome "CALICO" escrito nas montanhas. Nossa, isso é um lugar que quer ser Hollywood, hein? Assim que chegamos, às 15:30, descobrimos que fechavam às 17:00 e que teríamos 1h e meia pra explorar. Que droga! Além disso, estava tudo já fechando ou fechado.

O restaurante é para se sentir no faroeste de verdade!

Mas, assim que nos aproximamos da rua principal, ficamos impressionados. Caraca, eu estava mesmo no Westworld! Ou era como se entrasse dentro do PS3 e estivesse na pele de John Marston do Red Dead Redemption!

Morro

Como a gente não tinha muito tempo, seguimos logo para o fim da cidade, onde pudemos ver a entrada das minas. Lá, existem um pequeno morro, onde você pode subir e apreciar a vista da cidade e do belíssimo deserto que a cerca.

Passeando pela cidade

Depois, fomos descendo. Primeiro, atravessamos uma ponte e fomos em direção ao que era, aparentemente, uma igreja. Chegando perto, descobrimos que era uma escola!

Andando pela cidade!

Descemos na rua principal e fomos entrando dentro das lojinhas. Achamos interessante uma daquelas máquinas de "Fortune Tellers", em que você deposita uma moeda e ela lê a sua sorte, super típicas de filmes. Não testamos, mas fico imaginando as sortes genéricas que ele deveria falar, pra se encaixar em qualquer situação por que a pessoa estiver passando. E provavelmente acreditavam nisso. Sério, gente, muito típico. Haha!
Também vimos expostos carrinhos para carregar minério (já que era a principal atividade do local...).

Desviamos da rua principal e fomos em direção ao trem, que já estava fechado. Mesmo assim, interessante a decoração e tudo mais.

Passamos, também, por uma espécie de praça pública daquelas onde a galera era enforcada, com uma prisão ao lado. Mas essa parte, claramente, é fake, montada depois. Parece set de filme, achei que não combinou muito com o lugar. Mesmo assim, ficamos empolgados e fizemos uns vídeos. Já viu o vídeo no canal do YouTube?

Um palco para apresentações.

Foi nesse exato momento que chegou o xerife guarda do parque e expulsou a gente do parque. Sério, somos mestres nisso, em ser expulsos por guardinhas. Provavelmente eles nos odeiam. Mas somos assim. Fazer o quê?
Fomos pra saída e tiramos uma foto com a placa de Calico. Do nada, surgiu a horda habitual de chineses, que pediram para tirarmos fotos deles também. Mas o engraçado foi depois, pois voltamos para o carro e montamos o tripé para tirar foto e fazer filmagens no carro, com o deserto ao fundo. A família de chineses já estava toda no carro, quando o patriarca saiu e veio em nossa direção, oferecendo para tirar foto nossa. Que plot twist. Aí, sim, fomos surpreendidos novamente!
Fomos embora de Calico, em direção a Las Vegas, com aquele gostinho de quero mais. Quem sabe um dia?
Indo embora em nosso carrinho, haha!
Logo da S2Station